Logo Agenda Cultural Aliança Francesa

IX FESTIVAL INTERNACIONAL DO FILME ETNOGRÁFICO DO RECIFE

01-out-2019 às 18:01 Renata

When:
5 de outubro de 2019 @ 16:00 – 21:00
2019-10-05T16:00:00-03:00
2019-10-05T21:00:00-03:00

fifer corrigido

 

05/10 Sábado

16h-18h  – Mostra competitiva

El hombre que siem pre hizo su parte.

Duração: 94’
Diretores: Orisel Castro, York Neudel.

País: Equador
Ano: 2017

Sinopse:

Dr. Rota, um empresário de 78 anos, cientista e escritor, está cheio de conflitos, ilusões de fama e conspiração. Ele lida com os obstáculos de tentar publicar seu livro e se cercar de pessoas, buscando seu reconhecimento.

Depois de ter perdido o contato com o mundo, ele deseja exibir seu legado e lutar contra a solidão. Esse retrato fala das contradições e lutas que encontramos na vida e nos aproxima de um homem que sempre fez sua parte.

A vida é sempre um mistério

Duração: 17’

Diretores:  Calvin Da Cas Furtado

 País: Brasil

 Ano: 2019

Sinopse:

Entre reflexões e performances, filosofias de vida propõem paralelos

lúdicos com elementos da natureza. Um filme que percorre o suicídio, a

sexualidade, a liberdade, a loucura e o equilíbrio a partir de narrativas de

pessoas que viveram nas ruas. A trajetória de uma missão. Um retrato de

quatro integrantes do Movimento Nacional da População de Rua.

Duração: 14

Diretores: Caterina Sartori

País: Itália

Ano:2019

Sinopse:

Por centenas de anos, o calcário extraído do Monte Calisio foi usado para a construção da cidade: o que resta hoje do árduo trabalho dos pedreiros? O filme busca os vestígios deixados pelos cinzéis e pela luz, e pergunta: quem tem melhor memória, pedras ou humanos? Estátuas ou fotografias?

19-21h – Mostra competitiva

Acontecer

Duração: 97’

Diretores:  Jérémy Gravayat

País: França

 Ano: 2019

Sinopse:

No Sena-Saint-Denis, há anos, as famílias romenas procuram lugares onde possam viver. Do Grands Ensemble à Grand Paris, suas trajetórias contam uma história comum, a solidariedade dos residentes que recusam a marginalidade.

Absolvição Imprópria

Duração: 26

Diretores: Érica Quinaglia Silva

País: Brasil

Ano: 2018

Sinopse:

 A medida de segurança é uma sanção penal aplicada a pessoas que têm transtornos mentais e que tiveram um conflito com a lei. Trata-se de uma absolvição imprópria, que não deveria visar à punição, mas sim ao tratamento. Na prática, milhares de pessoas no Brasil são confinadas em estabelecimentos de custódia e tratamento psiquiátrico, vulgarmente conhecidos como manicômios judiciários.
Lídia Dourado personifica as trajetórias dessa população que, sem tratamento adequado e em condições desumanas, vivencia situações de violência prolongadas e intensificadas sob a égide do Estado em espaços de exclusão e silenciamento.

Deixe uma resposta